AO VIVO
AO VIVO
Home DESTAQUE Municípios catarinenses pedem urgência na sanção do projeto de socorro emergencial

Municípios catarinenses pedem urgência na sanção do projeto de socorro emergencial

por Central de Jornalismo
A+A-
Reset

A Federação Catarinense de Municípios (FECAM) manifestou preocupação com a demora do Governo Federal em sancionar o Projeto de Lei Complementar nº 39/2020, que cria o Programa Federativo de Enfrentamento ao coronavírus.

O projeto de socorro emergencial teve votação final no Senado no dia 6 de maio. Para Santa Catarina, o repasse financeiro de cerca de R$ 883 milhões para os municípios e de mais de R$ 1 bilhão para o Estado será auxiliar na manutenção das políticas públicas, nos atendimentos e na proteção aos cidadãos.

Os valores deverão ser repassados em quatro parcelas e, quanto mais demora a sanção, mais tempo se espera para que os valores cheguem nas bases para auxiliar no enfrentamento à pandemia.

Outros cerca de R$ 724 milhões são previstos para Santa Catarina pela suspensão no pagamento de dívidas do Estado e municípios com a União e bancos. Em geral, os recursos previstos para o Estado são de R$ 2,977 bilhões, ainda sendo necessário somar eventuais dívida com bancos privados.

Fonte: FECAM

Copyright @2023 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido e criado por Cadô Agência de Marketing