AO VIVO
AO VIVO
Home SAÚDE Inicia hoje, 5 de outubro, a Campanha de multivacinação em Torres e todo o país

Inicia hoje, 5 de outubro, a Campanha de multivacinação em Torres e todo o país

por Central de Jornalismo
A+A-
Reset

Serão realizadas em todo o Brasil, simultaneamente, duas campanhas de vacinação entre os dias 5 e 30 de outubro, as campanhas nacionais de Vacinação contra a Poliomielite e a de Multivacinação para atualização da caderneta das crianças e adolescentes com menos de 15 anos (14 anos, 11 meses e 29 dias).

O dia “D” para ambas será no dia 17 de outubro em todo país. Na vacinação contra a poliomielite, o alvo são crianças com idade entre um ano e menos de cinco (4 anos, 11 meses e 29 dias. O objetivo desta campanha é reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país.

E, para isso, a meta é vacinar, ao menos, 95% deste público, ou seja, 325.684 crianças. O Brasil não detecta casos de poliomielite (paralisia infantil) desde 1990 e em 1994 recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) a Certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem do seu território.

Para a Campanha de Multivacinação, não há uma meta específica. Os principais objetivos desta mobilização são oportunizar o acesso às doses, atualizar a situação vacinal e aumentar as coberturas vacinais.

Medidas de prevenção em meio à pandemia

Devido a pandemia do coronavírus os municípios foram orientados a reforçar as medidas de prevenção em todas as salas de vacinação durante o período de realização das campanhas. Desta forma, a higienização, a ventilação dos espaços e o distanciamento social deverão ser respeitados, da seguinte forma:

  • As vacinas devem ser aplicadas em áreas bem ventiladas e desinfetadas com frequência;
  • As salas de vacinação devem disponibilizar álcool em gel ou local para que a população possa lavar as mãos;
  • Os familiares que acompanham a pessoa que será vacinada deverá ser limitado em um acompanhante;
  • Pessoas com suspeita ou confirmação de coronavírus devem adiar a vacinação até, pelo menos, três dias depois do desaparecimento dos sintomas, com tempo mínimo de isolamento de 14 dias do início dos sintomas.

Vacinas oferecidas durante a campanha

As doses que serão oferecidas durante a Campanha são as que fazem parte do Calendário Básico de Vacinação 2020 da Criança e do Adolescente:

  • Febre amarela
  • Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola)
  • dT (difteria e tétano)
  • Meningocócica ACWY (doença meningocócica ACWY)
  • HPV quadrivalente (HPV tipos 6, 11, 16 e 18)
  • Poliomielite
  • BGC (formas graves de tuberculose)
  • Hepatite B
  • Pentavalente (tétano, difteria, coqueluche, Haemophilus influenzae b e hepatite b)
  • Rotavírus (diarreia por rotavírus)
  • Pneumocócica 10 (doença pneumocócica invasiva para os 10 sorotipos)
  • Meningocócica C (doença meningocócica C)
  • Tetra Viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela)
  • DTP (difteria, tétano e coqueluche)
  • Hepatite A
  • Varicela (catapora)

Poliomielite

A poliomielite é uma doença contagiosa causada pelo poliovírus. Ela é caracterizada por um quadro de paralisia flácida, de início súbito. Ela acomete, em geral, os membros inferiores, tendo como principais características a flacidez muscular.

A transmissão acontece por contato direto pessoa a pessoa, pela via fecal-oral (mais frequentemente), por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de doentes ou portadores, ou pela via oral-oral, através de gotículas de secreções da orofaringe (ao falar, tossir ou espirrar). A melhor medida de prevenção adotada é a vacinação.

Fonte: Agência Brasil

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido e criado por Cadô Agência de Marketing