AO VIVO
AO VIVO
Home DIOCESE DE OSÓRIO Projeto que busca preservar a história do Litoral Norte por mais de um século foi lançado em Osório

Projeto que busca preservar a história do Litoral Norte por mais de um século foi lançado em Osório

por Melissa Maciel
A+A-
Reset

No último dia 2, na Cúria Diocesana de Osório, foi realizado o evento de lançamento do projeto de “Restauração do Patrimônio Documental da Mitra Diocesana de Osório”. O bispo da Diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, expressou sua gratidão aos empresários, que por meio do patrocínio ao projeto, reconheceram a importância de preservar a memória documentada por mais de um século, especialmente quando não havia cartórios no Brasil. Ele ressaltou a relevância dos registros de nascimentos, casamentos e óbitos em livros nas igrejas, destacando que o acervo da Diocese remonta a 1773, contando com quase 800 livros.

Entre os presentes, o secretário de Administração do Município de Osório, Eduardo Renda, representando o prefeito, elogiou a iniciativa de dom Jaime, destacando sua coragem em buscar recursos para preservar a história de Osório e região. O acervo inclui informações de famílias de Santo Antônio da Patrulha, Osório e outros municípios do Litoral Norte, além de registros de pessoas escravizadas na região.

Todo o acervo a ser restaurado foi devidamente embalado e na segunda-feira (05) está sendo transportado para o atelier que fará a restauração pelos próximos 22 meses em Curitiba.

A ocasião contou com a participação de oficineiros da primeira etapa da oficina gratuita oferecida pelo projeto, as restauradoras Denise Zanini e Gessônia Carrasco, responsáveis pelo trabalho de restauração documental, Lucia Tedesco Silber, gestora cultural, responsável pela elaboração, administração e produção do projeto junto à Lei de Incentivo à Cultura. representantes de empresas patrocinadoras, membros do poder executivo de Osório e colaboradores da Mitra.

Sobre o Projeto

O projeto, iniciativa da Diocese de Osório, teve início em 2021 com o objetivo de restaurar, conservar e divulgar seu acervo. Em 2022, foi elaborado um inventário e diagnóstico do estado de conservação do material e do espaço. Com quase 800 volumes datados de 1773 até a presente década, o acervo é o único registro civil oficial do Litoral Norte do estado por mais de um século.

O projeto inclui ações como a conservação preventiva, restauração do acervo danificado, digitalização do material, treinamento de pessoal e disponibilização online dos documentos. Aprovado em março de 2023 no Sistema Pró-Cultura/RS Lei de Incentivo à Cultura do Rio Grande do Sul, o projeto conta hoje com 84% de seu montante total captado, graças ao patrocínio de empresas gaúchas. A previsão é que, até o final deste mês, a captação de recursos seja integralizada, permitindo a celebração das metas do projeto no final do próximo ano.

O projeto é uma realização da Diocese de Osório através do financiamento do Sistema Pró-Cultura, LIC/RS, com elaboração e gestão da Lahtu Sensu Administração Cultural e patrocínio das empresas Frigorífico Borrússia, Madesa, Água Mineral Santo Anjo, Supermercados Dalpiaz, Expresso São José, Freepet, Frigodal, Supermercado Ofertão e DaColônia Alimentos Naturais.

Fonte: Ascom Diocese de Osório

>> Receba as notícias da Maristela sobre o Litoral Norte gaúcho e o Sul catarinense no seu WhatsApp! Clique aqui e fique bem informado.

Copyright @2023 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido e criado por Cadô Agência de Marketing