AO VIVO
AO VIVO
Home LITORAL NORTE GAÚCHO Corsan iniciará implantação de rede coletora de esgoto nos bairros Centenário, Salinas, São Jorge e Engenho Velho em Torres

Corsan iniciará implantação de rede coletora de esgoto nos bairros Centenário, Salinas, São Jorge e Engenho Velho em Torres

por Anderson Weiler
A+A-
Reset

A população de Torres será beneficiada com a ampliação da rede de esgoto cloacal no município. A Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) vai iniciar a implantação de um total de 23,5 quilômetros de novas redes coletoras nos bairros Centenário e São Jorge (19km), Salinas e Engenho Velho (4,5km). Além de contribuir para a saúde pública e a qualidade de vida da população, o esgoto tratado valoriza os imóveis e aumenta o desenvolvimento do município. O investimento é de R$ 8 milhões.

Serão cerca de 4.650 moradores beneficiados nos quatro bairros com as obras que também ajudam na preservação ambiental da cidade que tem no turismo um dos seus principais atrativos. As obras iniciam no próximo mês e devem ser concluídas em agosto de 2025. “Estamos avançando, cada vez mais, para atingir a meta de levar o saneamento à toda população do litoral, melhorando de forma significativa a qualidade de vida das pessoas. Além da ampliação da rede coletora, também vamos ampliar a estação de tratamento”, projeta o diretor regional de operações, Fábio Arruda.

Agentes socioambientais da Corsan farão visitas aos moradores dos bairros beneficiados para informá-los sobre o cronograma das obras e os benefícios do esgotamento sanitário. Com a implantação da rede de esgoto, os resíduos domésticos produzidos nas atividades do dia a dia em imóveis interligados à rede são conduzidos à estação de tratamento, onde recebem higienização e destinação adequadas.

O Sistema de Esgotamento Sanitário é uma das prioridades do plano de investimentos, desenhado para o Litoral Norte do Estado, pelo novo controlador da Corsan, o Grupo Aegea. A previsão é que mais de R$ 600 milhões sejam investidos em programas de modernização de sistemas e equipamentos no tratamento de esgoto, resiliência hídrica, combate à falta d’água e redução de perdas, com previsão de R$ 85 milhões já para este ano de 2024, impactando a qualidade de vida de moradores e veranistas.

Fonte: Ascom Corsan

>> Receba as notícias da Maristela sobre o Litoral Norte gaúcho e o Sul catarinense no seu WhatsApp! Clique aqui e fique bem informado.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido e criado por Cadô Agência de Marketing