AO VIVO
AO VIVO
Home LITORAL NORTE GAÚCHO Em Torres, a Solenidade de Corpus Christi celebra a Sagrada Eucaristia e arrecada alimentos e agasalhos

Em Torres, a Solenidade de Corpus Christi celebra a Sagrada Eucaristia e arrecada alimentos e agasalhos

por Melissa Maciel
A+A-
Reset

A celebração de Corpus Christi nesta quinta-feira (30), em Torres, conta com duas celebrações. Pela manhã, às 10h, a primeira Missa foi realizada no coreto da Praça Getúlio Vargas. Ao final da Missa, a procissão com a Santíssima Eucaristia percorreu as ruas no entorno da Praça, passando por tapetes solidários construídos pelos fiéis e lideranças das pastorais, movimentos e serviços da Paróquia, com doações de roupas de inverno, cobertores e alimentos não perecíveis.

Para este ano, conforme a recente orientação do bispo da Diocese de Osório, dom Jaime Pedro Kohl, durante a reunião do Conselho Diocesano de Pastoral (CDP), as paróquias no Litoral Norte gaúcho devem marcar a celebração de Corpus Christi com iniciativas de solidariedade em favor das famílias afetadas pelas enchentes no RS. Uma das formas de realizar essa ação solidária é, com criatividade, enfeitar os caminhos de passagem do Santíssimo durante a procissão.

No final do dia, às 18h, haverá a segunda Missa celebrando o Corpus Christi e será na igreja São Domingos, na subida do Morro do Farol, porém não será realizada procissão.

De acordo com o pároco da Paróquia São Domingos, Pe. Leonir Alves, o dia de Corpus Christi é muito especial para a Igreja Católica, sendo uma festa de muita tradição que remonta à Idade Média e celebra a real presença de Cristo na Eucaristia.

“A festa de Corpus Christi tem essa característica de ser na rua, uma festa pública e nos últimos anos, durante o tempo em que estou nesta paróquia, temos feito com que o Corpus Christi seja solidariedade, seja partilha entre nós. Por isso, optamos por fazer os tapetes para a procissão com doações de agasalhos e alimentos”, explica Pe. Leonir.

Todas as doações arrecadadas serão destinadas às famílias afetadas pelas enchentes, especialmente aquelas que estão sendo abrigadas na região.

A ORIGEM DA SOLENIDADE

A Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, conhecida popularmente como a Solenidade Corpus Christi, foi declarada para celebração em toda a Igreja no ano de 1264, pelo Papa Urbano IV, sob a influência de Santa Juliana de Cornillon, com a defesa da Teologia da Presença Real.

Os tapetes coloridos tiveram origem em Portugal e foram trazidos para o Brasil durante a colonização, entre os séculos XVI e XIX. Para a Igreja Católica, a prática remete à acolhida de Jesus em Jerusalém, quando as pessoas cobriram as ruas de ramos e mantos para a passagem do Messias.

Fotos: Pascom São Domingos / Caciane Neto
Rádio Maristela / Anderson Weiler

>> Receba as notícias da Maristela sobre o Litoral Norte gaúcho e o Sul catarinense no seu WhatsApp! Clique aqui e fique bem informado.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido e criado por Cadô Agência de Marketing