AO VIVO
AO VIVO
Home LITORAL NORTE GAÚCHO Ambulância não consegue acessar rua e mulher morre na Praia Gaúcha em Torres

Ambulância não consegue acessar rua e mulher morre na Praia Gaúcha em Torres

por Anderson Weiler
A+A-
Reset

“Tivemos que carregar ela em uma maca na chuva”, diz Dienifer Padilha dos Santos, filha de Dircelene Padilha dos Santos, que sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 04 de maio e não conseguiu ser socorrida em casa, pois a ambulância não conseguiu acessar rua de sua casa na Praia Gaúcha em Torres.

Córrego em frente à casa dificulta ainda mais o acesso a residência | Foto: Léo Selau

De acordo com Dienifer, a família mora na Rua A do balneário e convive com as dificuldades de acesso à sua casa.

“As dificuldades que passamos aqui foram várias em relação a entrada da ambulância nas vezes que a minha mãe precisou de atendimento e também para as viagens que fazia a Porto Alegre”, relata a filha.

No dia 4 de maio, Dircelene sofreu um AVC e não conseguiu ser socorrida dentro de sua casa, tendo que ser levada até a ambulância.

“A pior situação foi no dia 04, onde ela teve um AVC dentro de casa, chamei o SAMU e eles não puderam chegar na frente da minha casa com a ambulância, porque tem uma ponte na esquina para entrar na minha rua e a mesma estava trincada no meio, então tivemos que deslocar ela uma quadra, sendo carregada debaixo de chuva em uma maca até a ambulância”, conta Dienifer.

Dircelene faleceu um dia depois (5), no Hospital Nossa Senhora dos Navegantes em Torres.

Estrada da Praia Tupynambá está praticamente intransitável | Foto: Léo Selau

A reportagem da Rádio Maristela e do Jornal do Mar, esteve nas praias ao sul de Torres em setembro de 2023, mostrando a dificuldade de trafego nas vias do bairro.  Naquele momento, a Prefeitura de Torres, por meio da Assessoria de Comunicação, disse que após as chuvas daquela semana, a Secretaria de Obras iria fazer uma operação no local para minimizar os problemas.

Na última sexta-feira (24) a reportagem retornou ao local e conversou com alguns moradores que relataram uma situação ainda pior do que a encontrada a 8 meses atrás.

Em novo contato com a Prefeitura de Torres, a mesma, através da Assessoria de Comunicação disse que “a prefeitura faz manutenção periódica em todo o território. Identifica-se os locais que hajam viabilidade para tal, e são feitas as melhorias necessárias.”

Os moradores já fizeram diversos protocolos na prefeitura buscando melhorias em toda infraestrutura dos balneários que compõem as praias ao Sul de Torres. Se você tiver alguma demanda em sua comunidade, Chama a Maristela, que a reportagem da emissora vai até seu bairro. Entre em contato pelo whats 51 9.9670-1110.

Foto: Léo Selau

>> Receba as notícias da Maristela sobre o Litoral Norte gaúcho e o Sul catarinense no seu WhatsApp! Clique aqui e fique bem informado.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido e criado por Cadô Agência de Marketing