AO VIVO
AO VIVO
Home GESTÃO Parceria entre Arroio do Sal e UCS para o Desenvolvimento Sustentável

Parceria entre Arroio do Sal e UCS para o Desenvolvimento Sustentável

por Anderson Weiler
A+A-
Reset

Em um movimento estratégico para o desenvolvimento sustentável de Arroio do Sal, o prefeito Affonso Flávio Angst (Bolão) junto com os secretários de Meio Ambiente, Luiz Carlos Schmitt, Planejamento, Indústria e Comércio, Ranieri Pereira, da Fazenda, Felipe Valim e com o Chefe da Defesa Civil, José Oscar Bier, encontrou-se com o reitor da Universidade de Caxias do Sul (UCS), Gelson Leonardo Rech, para discutir a implementação de dois convênios significativos. Esses acordos marcam um passo importante para a revisão do Plano Diretor do município, com foco especial na mobilidade urbana e na recuperação ambiental. A reunião, ocorrida na última segunda-feira, 3 de junho, em Caxias do Sul, selou o compromisso entre a administração municipal e a academia, visando a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana e do Plano Municipal de Recuperação do Bioma Mata Atlântica, além de um Diagnóstico Socioambiental detalhado.

O Plano Diretor, instrumento vital para a gestão territorial, está sendo revisado para incorporar estratégias de desenvolvimento econômico, social e sustentável, alinhadas às políticas de transporte e mobilidade urbana. A pró-reitora, Neide Pessin, apresentou à comitiva de Arroio do Sal os projetos Cidades Resilientes e ReNova Cidades, que oferecem ferramentas essenciais para a gestão de riscos relacionados a desastres naturais e mudanças climáticas. Estes projetos enfatizam a necessidade de um planejamento eficaz e uma governança robusta, fundamentais para a construção de uma resiliência urbana que possa suportar os desafios do futuro.

Para o reitor da UCS, Gelson, “O nosso futuro depende da conjugação e do equilíbrio entre ciência e gestão inteligente. Ter a visão científica de como se desenvolver com a melhor qualidade e com o menor impacto é o que esperamos que os municípios alcancem”, projetou.

A colaboração entre a prefeitura de Arroio do Sal e a UCS é um exemplo de como a integração entre o setor público e as instituições de ensino pode resultar em avanços significativos para a sociedade. Com a implementação dos planos e diagnósticos acordados, espera-se não apenas uma melhoria na qualidade de vida dos cidadãos, mas também a promoção de um ambiente mais saudável e resiliente para as gerações futuras.

“Neste momento histórico para Arroio do Sal, reafirmamos nosso compromisso com um futuro mais sustentável e resiliente. A parceria com a Universidade de Caxias do Sul é um marco na nossa gestão, pois alia conhecimento científico à prática administrativa, garantindo que as decisões tomadas hoje sejam benéficas para as gerações futuras. Os convênios assinados são mais do que documentos, são a promessa de um município que valoriza a mobilidade urbana eficiente e a preservação do nosso precioso Bioma Mata Atlântica. Com o apoio da UCS, Arroio do Sal se posiciona na vanguarda do planejamento urbano e ambiental, e juntos, construiremos uma cidade que respeita o equilíbrio entre crescimento e conservação”, enfatizou o prefeito de Arroio do Sal, Bolão.

Receberam a comitiva de Arroio do Sal junto com o reitor a pró-reitora de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Neide Pessin, o chefe de Gabinete, Givanildo Garlet, o procurador jurídico da FUCS, Maurício Gravina, o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo, Pedro de Inda e o arquiteto representando a UNITE, Carlos Eduardo Mesquita.

Segundo o vice-prefeito de Arroio do Sal, José Diogo Martins Pereira, “me sinto honrado em fazer parte deste momento histórico para nossa cidade. A parceria com a Universidade de Caxias do Sul representa um marco no compromisso com o desenvolvimento sustentável e a resiliência de nossa comunidade. Os convênios firmados são um testemunho do nosso esforço conjunto para garantir um futuro próspero e sustentável para Arroio do Sal. Estamos dedicados a revisar nosso Plano Diretor com uma visão inovadora, que integra mobilidade urbana e recuperação ambiental, assegurando que as gerações futuras herdem uma cidade mais segura, acessível e em harmonia com o meio ambiente”, enfatizou.

Fonte: Ascom PMAS

>> Receba as notícias da Maristela sobre o Litoral Norte gaúcho e o Sul catarinense no seu WhatsApp! Clique aqui e fique bem informado.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido e criado por Cadô Agência de Marketing