AO VIVO
AO VIVO
Home LITORAL NORTE GAÚCHO Feriadão: 115 mil veículos devem acessar o Litoral Norte pela Free Way

Feriadão: 115 mil veículos devem acessar o Litoral Norte pela Free Way

por Anderson Weiler
A+A-
Reset

O feriado prolongado de finados deve trazer cerca de 115 mil veículos ao Litoral Norte. No sentido contrário, outros 116 mil devem seguir rumo à Porto Alegre. Os dados são da CCR Via Sul, concessionária que administra a rodovia.

No sentido litoral são esperados, em média, 26 mil condutores para a quarta e quinta (1º e 2), sendo estes os dias com maior movimento. Por outro lado, o pico de tráfego previsto para o retorno a Porto Alegre no domingo (5) supera 41 mil motoristas.

Melhores horários

A orientação da Concessionária é de que os motoristas programem sua viagem de forma a evitar os picos de tráfego quando o fluxo é mais intenso.

Assim, os melhores horários estão concentrados antes das 15h de quarta (1º) e após as 13h de quinta (2). Para a volta, condutores devem evitar o horário após as 16h no domingo (5) e a manhã da segunda (6), principalmente entre 7h e 10h.

Atenção às obras na Freeway

Devido às obras que acontecem na Freeway, entre os kms 74 e 88 da Freeway, a CCR ViaSul alerta sobre a necessidade de os motoristas programarem suas viagens, visto a implantação dos bloqueios de faixas nos oito pontos com intervenção na rodovia. Nos trechos em questão, o limite de velocidade cai pela metade, 60 km/h, podendo diminuir ainda mais nos horários de pico, não ultrapassando os 20 km/h. Assim, o tempo de trajeto dos condutores pode aumentar em, até, 40 minutos. Dessa forma, a Concessionária alerta para a necessidade de os mesmos programarem suas viagens, reduzindo a possibilidade de imprevistos e atrasos.

Obras não interferem em eventual liberação do acostamento

Importante ressaltar que as obras de melhoria nas pontes e viadutos da Freeway não interferem no caso de eventual liberação do acostamento, pois, quando autorizada, a operação é realizada entre os kms 0 e 75 da rodovia, e as obras acontecem logo após.

Porém, ainda assim, para que haja a liberação é preciso que os requisitos mínimos de segurança sejam atendidos. Em caso de condições climáticas adversas, como chuva ou neblina, o acostamento não é liberado.

A implantação é realizada em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) por meio de sinalização com painéis piscantes e placas indicativas às margens da rodovia, além de mensagens nos painéis eletrônicos (PMVs) da Concessionária, com orientações aos motoristas sobre como proceder. Ao trafegar pelo acostamento, a velocidade máxima é de 70 km/h e não é permitido o trânsito de caminhões. Trafegar pelo acostamento quando o mesmo não estiver liberado é infração gravíssima do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), gerando 7 pontos na CNH e multa de R$ 880,41.

Fotos: Fabiano Panizzi/Divulgação CCR VS

>> Receba as notícias da Maristela sobre o Litoral Norte gaúcho e o Sul catarinense no seu WhatsApp! Clique aqui e fique bem informado.

Copyright @2023 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido e criado por Cadô Agência de Marketing