AO VIVO
AO VIVO
Home LITORAL NORTE GAÚCHO Empresa de segurança está fiscalizando a passagem de veículos pesados sobre a ponte Anita Garibaldi em Passo de Torres

Empresa de segurança está fiscalizando a passagem de veículos pesados sobre a ponte Anita Garibaldi em Passo de Torres

por Melissa Maciel
A+A-
Reset

Após uma reportagem especial veiculada no Jornal do Mar na última sexta-feira (09), que abordou as condições de segurança para o tráfego de veículos na ponte Anita Garibaldi, mais conhecida como a “ponte de concreto”, em Passo de Torres, o poder executivo tomou uma decisão sobre o assunto.

Na noite de sexta-feira (09), a Central de Jornalismo foi informada pelo secretário municipal de Passo de Torres, Adilson Moacir Martins, de que, em cumprimento à recomendação do Ministério Público do RS (MPRS), a partir de sábado (10), o tráfego de veículos com mais de 10 toneladas seria controlado pela Empresa Frota Vigilância, com o apoio da Polícia Militar.

A decisão foi implementada visando fiscalizar que caminhões acima do peso permitido não utilizem a ponte Anita Garibaldi até que obras para controle do trânsito de veículos pesados sejam efetuadas, conforme indicação do MPRS.

Resultado da perícia

Para a reportagem especial do Jornal do Mar, o promotor de justiça de Torres, Márcio Roberto de Carvalho, explicou que uma perícia realizada por profissionais do MPRS culminou em um relatório, encaminhado aos prefeitos de Passo de Torres/SC e Torres/RS em 1º de novembro de 2023, informando os resultados. Além disso, está previsto um possível Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), um acordo entre as prefeituras de Passo de Torres/SC e Torres/RS para estabelecer obrigações em relação à manutenção corretiva da ponte.

O relatório da vistoria realizada pelo MPRS registrou a deterioração nos perfis metálicos de sustentação do tabuleiro. No entanto, é importante ressaltar que essa perícia não avaliou a sustentação submersa da ponte, sendo necessária uma inspeção adicional.

No documento, o MPRS recomendou a ampliação da fiscalização para evitar a passagem de caminhões acima do limite recomendado de 10 toneladas ou a possibilidade de construção de limitadores de largura para evitar o acesso desses veículos à ponte. Essas medidas estão sob responsabilidade dos dois municípios, segundo a promotoria de Justiça de Torres.

Confira a Reportagem Especial do Jornal do Mar, o jornal da Rádio Maristela, fazendo assinatura impressa e/ou digital pelo (51) 98179-6400 ou pelo https://jornaldomar.com.br

>> Receba as notícias da Maristela sobre o Litoral Norte gaúcho e o Sul catarinense no seu WhatsApp! Clique aqui e fique bem informado.

Copyright @2024 – Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido e criado por Cadô Agência de Marketing